Como pode a confeção afetar os alimentos?

A confeção dos alimentos tem um efeito no seu valor nutricional, podendo melhorar ou piorar. Descubra qual é a melhor forma de cozinhar os seus alimentos!

Obter o máximo partido dos nutrientes que comemos é uma preocupação atual, pois a consciencialização pela comida saudável é cada vez maior na população Portuguesa.

Frequentemente procuramos na internet receitas, informação nutricional e padrões de atividade física que possamos incluir no nosso estilo de vida.

No entanto, já alguma vez pensou que um mesmo alimento, dependendo da forma como é confecionado, é mais ou menos nutritivo?

Vantagens de cozinhar os alimentos

Quando cozinhamos os alimentos, submetemo-los a determinadas temperaturas, o qual, de forma geral, é benéfico em dois aspetos:

Esterilização

Os alimentos, sobretudo aqueles que são frescos, podem ter certos tipos de microorganismos, como por exemplo a Salmonella no caso do ovo ou de produtos derivados. Uma vez submetido a altas temperaturas, diminui o risco de infeção.
Tal como o ovo, existem numerosas bactérias e microorganismos que podem originar problemas de saúde, pelo que a temperatura favorece a segurança alimentar dos alimentos consumidos.

Melhor digestão e assimilação dos nutrientes – O calor é uma forma de digestão dos alimentos, ou seja, as altas temperaturas simplificam a assimilação dos nutrientes no organismo.

Outros efeitos da confeção dos alimentos

Apesar das vantagens que existem na confeção, perdem-se alguns nutrientes devido às altas temperaturas.

Vitaminas

As vitaminas são muito suscetíveis a altas temperaturas, pelo que o seu teor em alimentos cozinhados é menor.

Quais são as mais suscetíveis?

  • Vitaminas hidrossolúveis: Vitamina C e vitaminas do complexo B (B1, B2, B3 , B9 (ácido fólico), entre outras);
  • Vitaminas Lipossolúveis: Vitamina A (responsável pela saúde ocular), Vitamina D (com grande intervenção no capital ósseo), Vitamina E (antioxidante), Vitamina K (atua na coagulação do sangue).

Os nutricionistas recomendam que o caldo de cozedura das verduras, carnes e peixe seja aproveitado, pois é onde se encontram as vitaminas e minerais que os alimentos perderam quando foram submetidos a altas temperaturas.

Proteínas

As proteínas são muito vulneráveis ao calor. Temperaturas superiores a 50-60 º C geram um processo de desnaturação das proteínas, o que provoca alterações nas suas estruturas.

As altas temperaturas provocam uma diminuiçao no seu valor nutritivo, mas também têm grandes vantagens:

  • Melhoram a textura dos alimentos;
  • Inativam enzimas que originam alterações organoléticas.
  • Melhoram a digestibilidade das proteínas. A temperatura quebra algumas estruturas de alimentos , que , ao comê-los crus, seria muito mais difícil de digeri-los.

Gorduras

São parcialmente estáveis quando submetidas a altas temperaturas, no entanto, quando as gorduras ou os alimentos que as contêm se submetem ao calor, podem originar alguns compostos que resultam em sabores e odores menos agradáveis, tóxicos e pouco saudáveis, como é o caso das gorduras trans , presentes em alimentos processados.

Hidratos de carbono

É o macronutriente mais estável ao calor, no entanto, podem acontecer certas reações que provocam a caramelização dos açúcares simples.
Por outro lado, os amidos, quando se submetem a tratamentos de água e calor, provocam a gelatinização das suas fibras, melhorando a sua digestibilidade.
Por exemplo, a hidratação da aveia em água ou leite num recipiente que posteriormente se aquece no microondas ou na placa de vitrocerâmica, melhora a digestão da aveia e favorece o trânsito gastrointestinal.

Minerais

Sao muito estáveis à temperatura e não sofrem modificações prejudiciais. No entanto, ao dissolvê-los em água a altas temperaturas a sua biodisponibilidade diminui, perdendo valor nutritivo do alimento.

Para ter uma alimentação saudável, é importante consumir alimentos frescos e crus no dia-a-dia. Por exemplo, devem-se consumir verduras cozidas, mas também cruas , em saladas ou semelhante para que aumentar o aporte de vitaminas e minerais, assim como de outros nutrientes, evitando carências no futuro.

Precisa de aconselhamento de como ter uma alimentação equilibrada? Convidamos a consultar os pontos de consulta Dieta Nutri Elegance, espalhados de Norte a Sul do país., na ferramenta do site.


Gostou do artigo que leu?
Pode partilhá-lo nas suas redes sociais! 😊